Notícias


Emprego formal gera 150 mil postos em setembro

17/10/2012

Mercado de trabalho mantém trajetória de crescimento. No acumulado do ano já foram gerados 1.574.216 empregos com carteira assinada


Brasilia, 17/10/2012 – Os números do Cadastro-Geral de Empregados e Desempregados (Caged) apresentados nesta quarta-feira (17) pelo Ministério do Trabalho e Emprego demonstram um crescimento de 0,39% no estoque de empregos formais do País, com geração de 150.334 postos de trabalho com carteira no mês de setembro, mantendo a trajetória de expansão do emprego observada nos últimos anos. No acumulado do ano, ocorreu expansão de 4,15% no nível de emprego, equivalente ao acréscimo de 1.574.216 postos de trabalho. Nos últimos 12 meses, o aumento foi de 1.402.212 postos de trabalho, representando a elevação de 3,68%.

Os dados revelam que em praticamente todos os setores houve a expansão do nível de emprego no mês. Em termos absolutos, o destaque foi para a Indústria de Transformação (+66.191 postos ou +0,80%), a maior taxa de crescimento dentre os setores de atividade econômica, resultado muito próximo do verificado em setembro de 2011 (+66.269 postos ou +0,80%). A seguir veio o setor de serviços (+55.221 postos ou +0,35%); o Comércio (+35.919 postos ou +0,42%) e Construção Civil (+10.175 postos ou +0,33%). A Agricultura, por motivos sazonais, foi o único setor que registrou queda no emprego (-19.014 postos ou -1,13%), indicando, porém, uma redução na queda, comparativamente ao resultado de 2011 (-20.874 postos ou -1,21%).

Crescimento em todo país - No conjunto das nove Áreas Metropolitanas foram gerados 60.425 postos de trabalho, um crescimento de 0,38%. Em termos geográficos verificou-se expansão generalizada do emprego nas cinco Grandes Regiões, cabendo a liderança ao Nordeste (+71.246 postos), seguido do Sudeste (+43.749 postos), Sul (+24.731 postos), Centro-Oeste (+5.414 postos) e Norte (+5.194 postos).

Entre os estados, o destaque foi o estado do Alagoas (+27.572 postos ou +8,72%), a maior taxa de crescimento no mês, entre todas as UFs. A seguir vieram São Paulo (+26.339 postos ou +0,21%), Pernambuco (+18.890 postos ou +1,46%), Rio de Janeiro (+15.863 postos ou +0,43%) e Paraná (+9.559 postos ou +0,37%).

O CAGED é um registro administrativo sobre movimentação do emprego formal (celetista) e sua divulgação é feita pelo MTE mensalmente. De acordo com a Lei, todos os estabelecimentos que apresentarem movimentação de trabalhadores no mês devem enviar ao órgão suas informações sobre admissões e desligamentos. Veja a pesquisa completa no link http://portal.mte.gov.br/caged_mensal/principal.htm

 

Assessoria de Imprensa do MTE

(61) 3317-6537 - acs@mte.gov.br




Notícias Anteriores


PF treina vigilantes que vão atuar com policiais nos grandes eventos esportivos
Cerca de 1,9 milhão ainda não sacaram o PIS/PASEP
Seguro-Desemprego sobe para R$ 678,00
Empresas crescem 20% ao ano com segurança privada
confraternização do Sinvac Lages e Região
Presidenta Dilma Rousseff sanciona na íntegra o PL 1033/2003
Vigilante consegue indenização após 10 anos sem férias
VIGILANTES tem direito as horas extras quando realizam os cursos de reciclagem.
Presidente do TST diz que lei sobre terceirização é urgente
BALANÇO DAS GREVES EM 2010-2011 – Dieese

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38