Notícias


Mais de 40 mil professores atuam em escolas públicas de Santa Catarina

15/10/2012

A Fevasc Parabeniza a todos os Professores pelo seu dia! Professor precisa ser RESPEITADO e VALORIZADO!

Dados da Secretaria de Educação levam em conta 1.112 escolas.
No Dia do Professor, docentes reclamam de falta de valorização.





Nesta segunda-feira (15), docentes de todo o país comemoram o Dia do Professor. Em Santa Catarina, segundo dados da Secretaria Estadual de Educação (SED), são 40.652 mil professores atuando somente em escolas públicas, sem levar em conta escolas privadas, universidades e em outros espaços.

Esses docentes dão aulas para 602.951 alunos de 1.112 escolas catarinenses e, apesar da comemoração, ainda reclamam de fatores como o número de alunos em sala de aula, o excesso de trabalho e os baixos salários.

Para Antônio Bittencourt Neto, presidente do Sindicato dos Professores de Florianópolis e Região, em escolas privadas essa situação também ocorre. "Os valores de hora por aula pagos em escolas privadas é muito baixo, em relação ao valor das mensalidades pagas", diz.

Outro motivo para desmotivação, segundo os professores, é a violência. O professor de educação física Vargner Carmo foi agredido dentro da escola particular onde trabalhava. "É uma situação um tanto constrangedora e desestimulante. Você pensa seriamente se é isso que você quer seguir", afirmou ele.

O resultado é a baixa procura por alguns cursos de licenciatura. Na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), há 75 vagas para o curso de licenciatura em física, mas apenas 40 são preenchidas. "Desses 40, em média, apenas 18 se formam. Porém, apenas 5% vão efetivamente atuar como professores. A maioria vai para a pós-graduação, pois a bolsa paga mais. Isso é ruim para a educação científica da população", afirmou a professora do curso, Sônia Maria.

Há 40 anos a educadora Vera Lúcia Bazzo ajuda a formar professores e acompanha o estágio deles no Colégio de Aplicação, da UFSC. Segundo ela, é preciso ter uma motivação. "Nós temos que ter escolas que recebam os alunos com tudo o que eles têm direit. É preciso uma escola estruturada. Mas acho que estamos tendo progresso nesse sentido", diz.

 notícias do G1 Santa Catarina




Notícias Anteriores


Fevasc convida para manifestações referente ao dia 25 de Novembro, Dia da Não Violência Contra a Mulher!
Feriados trabalhados na jornada 12x36 são remunerados em dobro
TST decide que multa do FGTS de terceirizados demitidos é integral
Emprego formal gera 150 mil postos em setembro
Empregada demitida após depor contra própria empresa recebe indenização
Participantes de audiência na CDH rejeitam projeto que altera mandato sindical
Turma reconhece dano moral em transporte de valores
Novo Termo de Rescisão será obrigatório em 15 dias
11ª. CONFERENCIA NACIONAL DOS VIGILANTES /2012
Ladrões usam serra para arrombar caixa eletrônico em Florianópolis

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38