Notícias


"A responsabilidade de prevenir o acidente é do trabalhador e da empresa", alerta juiz em palestra sobre segurança do trabalho

24/04/2017


Em Santa Catarina acontecem mais de 45 mil acidentes de trabalho por ano

 

Não existe número aceitável de acidentes. Esse foi o alerta dado na manhã de sexta-feira (24) pelo juiz Ricardo Jahn, um dos gestores do Programa Trabalho Seguro em Santa Catarina, a cerca de 200 operários e engenheiros que trabalham na obra de recuperação da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis. O magistrado destacou os riscos do trabalho na construção civil e reforçou a importância da adoção de posturas preventivas.

Entre as medidas para evitar acidentes, Jahn citou a utilização de equipamentos de proteção individual. “A responsabilidade é dupla: da empresa, em concedê-lo, e do trabalhador, em usá-lo”, frisou. “Existe alguém nos esperando em casa, por isso precisamos ser cuidadosos”, concluiu o juiz.

Dados do Anuário Estatístico de Acidentes do Trabalho (AEAT) revelam que, em 2014, ocorreram em Santa Catarina 45.228 acidentes de trabalho, 2.809 deles na construção civil. De acordo com informações do Ministério do Trabalho em Santa Catarina, 65% das mortes ocorridas no setor em 2013 estavam relacionadas a quedas em altura. 



Texto e foto: Carlos Nogueira 
Secretaria de Comunicação Social - TRT/SC 
Núcleo de Redação, Criação e Assessoria de Imprensa
(48) 3216-4306 / 4307 /4348 - secom@trt12.jus.br




Notícias Anteriores


"A responsabilidade de prevenir o acidente é do trabalhador e da empresa", alerta juiz em palestra sobre segurança do trabalho
Ministério Público do trabalho dá prazo de 30 dias para SICOOB contratar vigilantes ou ter segurança instalada em conformidade com a Lei 7.102/93
Paralização Nacional
Diretores da Fevasc participam da Paralização Nacional
Reajuste salarial dos Trabalhadores Vigilantes foi definido após negociação difícil
Informes da Negociação dos (as) trabalhadores (as) Vigilantes
Mulher sinonimo de força, luta e garra: Viva dia 8 de Março!
Por intransigência dos patrões, 5ª Rodada de negociações da CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO (CCT) termina sem acordo
Negociação salarial Vigilantes: Tentativa de Conciliação
Informações sobre a CCT 2017 – ASSEIO E CONSERVAÇÃO

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36