Notícias


Informe FEVASC

25/01/2017





 

A Fevasc informa que até o momento foram feitas duas rodadas de negociação salarial. Na primeira rodada, não teve proposta por parte do Sindicato Patronal a respeito da Pauta apresentada pelos Sindicatos. Pauta esta, elaborada em assembleia com a participação dos trabalhadores.

Ontem dia 24/01 tivemos a segunda rodada de negociação da vigilância e novamente não teve acordo entre as partes, uma vez que os Sindicatos Vigilantes não aceitam nenhuma proposta que não contemple ganho real para a categoria.

Após a rodada de negociação do dia de ontem (24/01), pessoas que não são da categoria e de má fé publicaram inverdades, querendo manchar a imagem dos Sindicatos. Não basta a crise econômica que tanto tem dificultado nossas negociações, agora também a calunia e difamação em cima das Entidades Sindicais, que tomarão as devidas sanções Judiciais a respeito das publicações mentirosas e caluniosas.

Nenhuma Entidade Sindical tem poder para aprovar qualquer que seja a proposta patronal, sem o aval da categoria; por isso trabalhador não se deixe enganar por aqueles que querem enfraquecer a categoria a desunindo, numa época em que o que mais se precisa é de união e força para avançarmos. Junte forças ao Sindicato de sua região ajudando e contribuindo com as negociações.

Não se engane, quando você critica sua Entidade Sindical é ao patrão que você ajuda!

Teremos a próxima rodada de negociação para o dia 31/01 (terça-feira) e nossa luta é para que os trabalhadores ganhem o que lhe é de direito:

Salário justo e melhores condições de trabalho!

Faça parte desta luta! Apoie seu Sindicato!




Notícias Anteriores


Informes da Negociação dos (as) trabalhadores (as) Vigilantes
Mulher sinonimo de força, luta e garra: Viva dia 8 de Março!
Por intransigência dos patrões, 5ª Rodada de negociações da CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO (CCT) termina sem acordo
Negociação salarial Vigilantes: Tentativa de Conciliação
Informações sobre a CCT 2017 – ASSEIO E CONSERVAÇÃO
Informe-se
Diretor Luiz Carlos da Silva participa de Debate sobre a Reforma na Previdência e a minimização da Previdência Pública.
Informe FEVASC
Empresários apresentam proposta indecorosa para o Piso Salarial Estadual
Entenda o que pode mudar nas Aposentadorias

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38