Notícias


Entenda o que pode mudar nas Aposentadorias

24/01/2017





Os homens e mulheres brasileiros terão de trabalhar por mais tempo para conseguir a aposentadoria, bem como haverá a extinção da aposentadoria especial para os vigilantes, caso a reforma da Previdência lançada pelo governo seja aprovada.

 

APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO

                 REGRA ATUAL

                       PROPOSTA

Os homens podem se aposentar com qualquer idade após 35 anos de contribuição ao INSS, enquanto as mulheres podem fazê-lo após 30 anos de contribuição, também sem idade mínima.

Idade mínima de 65 anos tanto homem como mulher.

Mínimo de 25 anos de tempo de contribuição.

Fim do fator previdenciário e da regra 85/95, devendo ser estabelecido cotas para acesso a aposentadoria integral, ou seja, na prática para ter acesso à média integral do valor contribuído, será preciso trabalhar por 49 anos.

 

APOSENTADORIA ESPECIAL

                 REGRA ATUAL

                       PROPOSTA

Praticamente é extinta para o vigilante, pois a aposentadoria especial deixa de se dar em razão de atividades exercidas em condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física.

Deve ficar devidamente demonstrado o efetivo prejuízo à saúde.

 

         Cabe esclarecer que a reforma da Previdência não vai atingir quem já se aposentou ou já alcançou as regras atuais para ter acesso ao benefício.

 

 Foto: Patrick Rodrigues 




Notícias Anteriores


Ministério Público do trabalho dá prazo de 30 dias para SICOOB contratar vigilantes ou ter segurança instalada em conformidade com a Lei 7.102/93
Paralização Nacional
Diretores da Fevasc participam da Paralização Nacional
Reajuste salarial dos Trabalhadores Vigilantes foi definido após negociação difícil
Informes da Negociação dos (as) trabalhadores (as) Vigilantes
Mulher sinonimo de força, luta e garra: Viva dia 8 de Março!
Por intransigência dos patrões, 5ª Rodada de negociações da CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO (CCT) termina sem acordo
Negociação salarial Vigilantes: Tentativa de Conciliação
Informações sobre a CCT 2017 – ASSEIO E CONSERVAÇÃO
Informe-se

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38