Notícias


Programas de combate à violência contra a mulher devem ser institucionalizados em estados e municípios

17/09/2012


 

A secretária executiva da secretaria de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, Aparecida Gonçalves, afirmou que o maior desafio do país é tornar os serviços de proteção a mulher institucionalizados nos estados e municípios. Para ela, esses serviços não podem ser programas de um governo ou outro, mas sim de uma política nacional.

Outro ponto citado pela secretária é a destinação de recursos para essas políticas. Para este ano a secretaria conta com R$ 37 milhões que são distribuídos aos estados mediante convênios. Mas ela afirma que os estados e municípios devem destinar recursos próprios para os serviços.

A rede de enfrentamento à violência contra a mulher conta com aparatos como recebimento de denúncias [Ligue 180] e abrigo de mulheres que correm risco de morte [casas abrigo]. No entanto, o número de espaços destinados à proteção e ao acolhimento das vítimas atinge menos de 10% dos municípios. E muitas vezes as Delegacias Especializadas em Atendimento à Mulher, funcionam de forma precária e sem equipamentos adequados ao atendimento humanizado.

A secretária afirma que as prioridades do governo na destinação de recursos este ano foi para ampliação dos serviços especializados de proteção e atendimento às mulheres, como a implementação de novas casas abrigo e centros de referência, o que não exclui a preparação de novos servidores. “Até 2015, a meta do governo é aumentar para 30% o número de municípios com acolhimento a mulheres violentadas”, diz Aparecida.




Notícias Anteriores


Mulheres eram a maioria dos desempregados no país em 2011
Governo estuda flexibilizar leis trabalhistas
Plenária Estadual Fevasc 2012
Centrais apresentam propostas para combater a alta rotatividade do mercado de trabalho
Fevasc apoia a luta dos bancários por reajuste decente, ampliação das conquistas e mais segurança nos bancos.
Mais de 2,5 mil caixas eletrônicos são destruídos pelo Brasil em três anos
RAIS: Brasil gerou mais de 2,2 milhões de empregos com carteira assinada
Programas de combate à violência contra a mulher devem ser institucionalizados em estados e municípios
Súmula do TST regula jornada especial de 12x36
TST aprova súmula sobre novo aviso prévio

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38