Notícias


Monitor de acesso não é vigilante! Denuncie todo e qualquer desvio de função.

13/07/2016


a FEVASC denuncia que muitas empresas estão trocando a mão de obra especializada em segurança privada por monitores de acesso (controladores de acesso), precarizando os direitos trabalhistas dos vigilantes no Estado de Santa Catarina.

O vigilante, de forma específica, é regido pela Lei 7.102/1983.

O passo inicial para ingressar na carreira é realizar o curso de vigilante atendendo aos pré-requisitos, conforme a Portaria 3233/2012 da Polícia Federal, que regula a atividade dos cursos de formação. São 200 horas de curso dedicadas ao aprendizado de Noções de Segurança Privada, Legislação Aplicada, Direitos Humanos e Relações Humanas no Trabalho, Sistema de Segurança Pública e Crime Organizado, Prevenção e Combate a Incêndio e Primeiros Socorros, Educação Física, Defesa Pessoal, Armamento e Tiro, Vigilância, Rádio Comunicação e Alarmes, Criminalística, Técnica de Entrevista entre outros assuntos abordados.

Para garantir um aprendizado contínuo e atualizado, o trabalhador vigilante terá que passar por reciclagens, que acontecerão a cada dois anos. Assim se garante à população que aqueles e aquelas que trabalham como vigilantes estejam aptos para garantir a segurança com a devida capacitação. Isso não ocorrerá com as novas contratações, que substituem os vigilantes por monitores de acesso. O objetivo principal da troca é a redução de custos, isto é, salário menor e sem direito à periculosidade e outros benefícios conquistados com muita luta ao longo dos anos.

A FEVASC e demais sindicatos, combaterá arduamente essa forma irregular de contratação.




Notícias Anteriores


Vigilante receberá horas extras por curso de reciclagem feito nos dias de folga
Somos Contra
Ato Unificado
Eleita nova diretoria do Seeac Chapecó
Queda de 6,1% no setor de serviços é a maior para maio desde 2012
Licença-maternidade passa a ser de 180 dias para mães de filhos com microcefalia
Representantes do asseio do Brasil reúnem-se em Curitiba para discutir melhorias para o setor
Monitor de acesso não é vigilante! Denuncie todo e qualquer desvio de função.
Mais vagas de emprego para vigilantes mulheres
Parabéns aos trabalhadores (as) Vigilantes do nosso Estado.

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38