Notícias


A Categoria segue com a greve pedindo o reajuste de 12,7%

03/06/2016





Na quinta-feira dia (2) aconteceu a reunião de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina (TRT-SC), a proposta de negociação apresentada pelo desembargador Jorge Luiz Volpato foi de 10.5% e Ticket de R$ 29.00 e dos 4 dias de greve, um a empresa não descontaria e os outros 3 dias seriam descontados nas férias. O Sindicato passou no mesmo dia a proposta para os trabalhadores do Estado, sendo que a maioria rejeitou.

 

A Categoria segue com a greve pedindo o reajuste de 12,7%.

 

O próximo passo agora é aguardar que o desembargador chame as partes para julgar o dissídio coletivo, que deverá acontecer no início da próxima semana.  O Sindicato entende a proposta do MPT como intermediária,  num quadro de crise econômica, estaríamos conquistando ganho real, porém estamos do lado da categoria e esperamos juntos alcançar vitorias e não perdas.

 

Foto: TST




Notícias Anteriores


Licença-maternidade passa a ser de 180 dias para mães de filhos com microcefalia
Representantes do asseio do Brasil reúnem-se em Curitiba para discutir melhorias para o setor
Monitor de acesso não é vigilante! Denuncie todo e qualquer desvio de função.
Mais vagas de emprego para vigilantes mulheres
Parabéns aos trabalhadores (as) Vigilantes do nosso Estado.
Dia Internacional de Justiça para os Trabalhadores da Limpeza
Florianópolis tem a quinta cesta básica mais cara do Brasil
FEVASC alerta os Sindicatos da categoria - Controladores de acesso
Em nova audiência, trabalhadores de Florianópolis decidem aceitar mesma proposta do TRT-SC
A Categoria segue com a greve pedindo o reajuste de 12,7%

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36