Notícias


TST aprova súmula sobre novo aviso prévio

17/09/2012





Alvo de muita discussão e milhares de ações ajuizadas na Justiça, o aviso prévio proporcional ao tempo de serviço vale para os empregados demitidos após a entrada em vigor da Lei nº 12.506, de 13 de outubro de 2011. Esta é a interpretação do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que foi consolidada em uma súmula, aprovada sexta-feira. “A norma não é retroativa”, afirmou o presidente da Corte, ministro João Oreste Dalazen. A nova lei determina que o empregado demitido sem justa causa receba, além dos 30 dias de aviso prévio, mais três dias por ano trabalhado na mesma empresa, podendo chegar ao máximo de 90 dias. Com o respaldo de sindicatos, milhares de trabalhadores demitidos antes de 13 de outubro de 2011, entraram com ação na Justiça para pleitear o direito. Na maioria dos casos, porém, o Judiciário negou o pedido.




Notícias Anteriores


Mais de 2,5 mil caixas eletrônicos são destruídos pelo Brasil em três anos
RAIS: Brasil gerou mais de 2,2 milhões de empregos com carteira assinada
Programas de combate à violência contra a mulher devem ser institucionalizados em estados e municípios
Súmula do TST regula jornada especial de 12x36
TST aprova súmula sobre novo aviso prévio
Juízes de SC são os que mais informaram INSS sobre condenações por acidente de trabalho
Eleições: Pela 1ª vez, candidaturas femininas superam percentual definido em lei
secretário de Relações do Trabalho comenta igualdade de gênero
SEMINÁRIO Trabalho Infantil, Aprendizagem e Justiça do Trabalho
Movimento sindical de Santa Catarina coleta assinaturas pelo Piso Estadual

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36