Notícias


Presidente da Fevasc com a Deputada Ana Paula e protetores na defesa de projetos contra maus tratos aos animais e garantia de emprego aos Vigilantes.

27/02/2015





Ampliar o diálogo com os deputados estaduais de todas as bancadas e garantir a derrubada do veto do Governo do Estado ao Projeto de Lei 0079.2/2013, que proíbe a prestação de serviços de vigilância de cães de guarda com fins lucrativos. Esta foi uma das decisões da reunião com representantes de entidades protetoras dos animais e a autora do projeto, deputada Ana Paula Lima (PT), realizada na Assembleia Legislativa, na noite da última quarta-feira. “Já tivemos uma vitória, em dezembro, quando conseguimos a aprovação do projeto. Com mobilização e unidos, acredito que vamos poder garantir os apoios necessários para a derrubada do veto”, disse a deputada Ana Paula, após a reunião.
    Durante o encontro entre os protetores e a deputada,  muitos argumentos foram levantados em defesa do projeto. Além dos maus tratos sofridos pelos animais alugados para vigilância, que muitas vezes são submetidos a situações como fome e sede, também há a questão do abandono, quando já não “servem” mais para o “trabalho”. ‘Segundo as denúncias que recebemos, quando ficam velhos e doentes, esses animais são abandonados nas ruas. Evitar que isso aconteça é também uma medida de saúde pública”, argumentou Ana Paula.
    Outra questão levantada foi o desemprego gerado pelo uso de animais em serviços que deveriam ser prestados por profissionais da área da segurança. Integrantes da Federação dos Vigilantes, presentes à reunião, também farão parte do grupo que vai elaborar documento para explicar aos deputados os motivos pelos quais o projeto precisa ser transformado em lei. Estados como Paraná e Rio Grande do Sul já proibiram o aluguel de cães.
     
Puxada de cavalos e castração de cães e gatos
    A reunião com ativistas em defesa dos animais também foi espaço para articular o apoio ao fim da chamada “Puxada de Cavalos” nos municípios catarinenses. As “puxadas” são um tipo de “competição” entre os cavalos, obrigados a arrastar cargas que ultrapassam seus limites físicos. A deputada Ana Paula também é autora de projeto que proíbe essa prática.     A lei número 13918/2006, que institui a Campanha de Controle Populacional de Cães e Gatos em Santa Catarina, também foi debatida na reunião. Proposta pela deputada Ana Paula, foi aprovada pela Alesc, mas ainda não foi regulamentada pelo Governo do Estado.
 
Linete Martins
Assessora de Imprensa
Mandato Deputada Ana Paula Lima
(48) 3221-2680
   
 




Notícias Anteriores


Câmara aprova regime de urgência para projeto que regula terceirização
Sindicatos fazem pressão contra projeto que prevê perda de direitos dos trabalhadores
A Fevasc deseja a todos uma feliz e santa páscoa! Confira nosso expediente.
Reajuste do Piso Regional aprovado por unanimidade
Dias 19 e 20 não haverá expediente na FEVASC. Confira a programação do aniversário da nossa Cidade de São José!
Diretores da FEVASC marcaram presença na mobilização do DIA 13 DE MARÇO – DIA NACIONAL DE LUTA EM DEFESA
Diretores da FEVASC estiveram presente! UGTSC e demais Centrais Sindicais protestam em Florianópolis
Mudanças trabalhistas entraram em vigor
Caged mostra melhora do emprego na indústria
Em 2014, 66 pessoas morreram em assaltos envolvendo bancos

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37