Notícias


Terceirização: decisão do TST deve diminuir fraudes na contratação de trabalhadores

20/02/2015


A terceirização é um fenômeno mundial que foi muito bem aceito pelo mercado de trabalho no Brasil. Atualmente o País contabiliza mais 12 milhões de trabalhadores terceirizados, um número que só tende a crescer. Isso porque as companhias – no intuito de livrarem-se dos encargos trabalhistas e previdenciários - passaram a contratar outras empresas visando baratear o custo com o pagamento de pessoal. No entanto, uma decisão recente do Tribunal Superior do Trabalho deve impactar fortemente esse tipo de contratação.

 De acordo com o TST, por meio Súmula 331, fica impedida a terceirização de atividades-fim. Ou seja, uma empresa bancária, por exemplo, não pode contratar por meio terceirizado um profissional para exercer funções de caixa, gerente ou atendente de agência, pois essas funções caracterizam a atividade principal do banco. “Se isso ocorrer, fica configurado vínculo trabalhista, sendo a tomadora responsável solidária pelos créditos trabalhistas. Trata-se, portanto, de uma terceirização ilícita”, afirma o advogado Bruno Gallucci, do escritório Guimarães e Gallucci.

Gallucci explica que a terceirização é válida apenas para atividades-meio de uma empresa. “Um escritório de contabilidade que contrata seguranças e faxineiras, por exemplo, está dentro da lei e não deve enfrentar problemas com a contratação”, diz. O advogado afirma ainda que, bem conduzida, a terceirização apresenta vantagens inquestionáveis em relação à contratação direta de mão-de-obra para empresas tomadoras de serviços.

Fonte/Autoria.: Daniel Agrela




Notícias Anteriores


Reajuste do Piso Regional aprovado por unanimidade
Dias 19 e 20 não haverá expediente na FEVASC. Confira a programação do aniversário da nossa Cidade de São José!
Diretores da FEVASC marcaram presença na mobilização do DIA 13 DE MARÇO – DIA NACIONAL DE LUTA EM DEFESA
Diretores da FEVASC estiveram presente! UGTSC e demais Centrais Sindicais protestam em Florianópolis
Mudanças trabalhistas entraram em vigor
Caged mostra melhora do emprego na indústria
Em 2014, 66 pessoas morreram em assaltos envolvendo bancos
Acordo põe projeto sobre terceirização na pauta da Câmara
Feliz dia 8 de Março! Dia Internacional das Mulheres!
Presidente da Fevasc com a Deputada Ana Paula e protetores na defesa de projetos contra maus tratos aos animais e garantia de emprego aos Vigilantes.

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38