Notícias


Salário mínimo deveria ser de R$ 2,5 mil, diz Dieese

10/09/2012


O salário mínimo do trabalhador no País deveria ter sido de R$ 2.589,78 em agosto. É o que constata a Pesquisa Nacional da Cesta Básica, divulgada pelo Dieese.

Com base no maior valor apurado para a cesta no período, que é de R$ 308,27, em Porto Alegre, e levando em consideração o preceito constitucional pelo qual o salário deve ser suficiente para garantir as despesas familiares com alimentação, moradia, saúde, transportes, educação, vestuário, higiene, lazer e previdência, o Dieese calculou que o salário deveria ter sido 4,16 vezes maior do que o piso vigente no Brasil, que é de R$ 622,00.

De acordo com o Dieese, para comprar a cesta básica em agosto, o brasileiro trabalhou em média 95 horas e 3 minutos, contra 92 horas e 48 minutos em julho. Em agosto de 2011, a jornada de trabalho exigida para a compra dos mesmos itens foi de 94 horas e 38 minutos.

Mais informações:
www.dieese.org.br




Notícias Anteriores


FEVASC participa de discussão sobre o reajuste do Piso Salarial Estadual
Salário mínimo deveria ser de R$ 2,5 mil, diz Dieese
Congresso recebe projeto do Orçamento com mínimo de R$ 670 para 2013
Campanhas do primeiro semestre registram 97% dos acordos com aumento real
Concessão do seguro-desemprego observa novas regras
UGT/SC Lidera Número de Entidades Filiadas
Julho registra abertura de 142.496 novos empregos com carteira assinada
Comvite para discussão dos Pisos Estaduais
Empresa de telemarketing terá que indenizar empregada por controle de idas ao banheiro
Empregada terceirizada da CEF ganha verbas trabalhistas devidas a empregados concursados

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37