Notícias


Salário mínimo deveria ser de R$ 2,5 mil, diz Dieese

10/09/2012


O salário mínimo do trabalhador no País deveria ter sido de R$ 2.589,78 em agosto. É o que constata a Pesquisa Nacional da Cesta Básica, divulgada pelo Dieese.

Com base no maior valor apurado para a cesta no período, que é de R$ 308,27, em Porto Alegre, e levando em consideração o preceito constitucional pelo qual o salário deve ser suficiente para garantir as despesas familiares com alimentação, moradia, saúde, transportes, educação, vestuário, higiene, lazer e previdência, o Dieese calculou que o salário deveria ter sido 4,16 vezes maior do que o piso vigente no Brasil, que é de R$ 622,00.

De acordo com o Dieese, para comprar a cesta básica em agosto, o brasileiro trabalhou em média 95 horas e 3 minutos, contra 92 horas e 48 minutos em julho. Em agosto de 2011, a jornada de trabalho exigida para a compra dos mesmos itens foi de 94 horas e 38 minutos.

Mais informações:
www.dieese.org.br




Notícias Anteriores


Direitos no trabalho são indispensáveis para a recuperação econômica
Cresce 10,3% o número de trabalhadores que contribuem para previdência
MTE divulga novo Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho
Responsabilidade trabalhista em contratos de terceirização de serviços
Empresas devem garantir folgas para quem trabalhar nas eleições
Brasil lidera mercado de segurança privada das Américas
Bancos privados e BB retomam trabalho; na Caixa, greve continua
Mulheres eram a maioria dos desempregados no país em 2011
Governo estuda flexibilizar leis trabalhistas
Plenária Estadual Fevasc 2012

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39