Notícias


NOTA DE ALERTA E SOLIDARIEDADE

03/10/2014





Com a onda de atentados e crimes que já atingiram 17 cidades em todo o Estado de Santa Catarina, queremos alertar os profissionais que trabalham com vigilância para estarem ainda mais atentos e cuidarem de sua própria segurança.

 

Em nome de toda a categoria, viemos registrar nossa solidariedade a todos que atuam na área, incluindo os profissionais da segurança pública, policiais militares e civis.

 

O alvo principal desses criminosos é desestabilizar e gerar pânico, por isso devemos estar ainda mais preparados para enfrentar situações de risco e contribuir para que a sociedade sinta-se segura onde estiver.

 

Nossa mensagem aos profissionais é de alerta. Cuide do patrimônio que é de sua responsabilidade, mas o mais importante nesse momento é cuidar das pessoas e de si mesmo.

 

 

Luiz Silva

Presidente da Fevasc

Presidente do Sindvig Florianópolis




Notícias Anteriores


Os vigilantes aprovaram em assembleia o reajuste salarial
Terceirizada que atuava como servidora do Procon vai receber indenização de R$ 70 mil
Recepcionista terceirizada da Caixa ganha direito a jornada de bancário
Empresa de segurança indenizará vigilante condenado por falta de renovação de porte de arma
Ministro do Trabalho apoia direito à greve
Renda real do trabalhador cresceu mais de 33% desde 2003, aponta IBGE
Terceirização: decisão do TST deve diminuir fraudes na contratação de trabalhadores
Governo vai apertar fiscalização contra trabalho informal
PL da terceirização é desarquivado e pode ir ao plenário da Câmara
Recesso de Carnaval, confira aqui

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38