Notícias


Começa a tramitar ação para corrigir FGTS que vale para todo o país

21/02/2014





O juiz Bruno Brum Ribas, da 4ª Vara Federal de Porto Alegre, recebeu nesta quarta-feira (5) a ação civil pública movida pela Defensoria Pública da União (DPU) que busca a substituição do índice de correção do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Com isso, o processo começa a tramitar e abrangerá todo o país. Ou seja, a decisão também será válida para as demais ações que correm no judiciário. Se a tese da mudança de cálculo sair vitoriosa, também beneficiará os demais trabalhadores.

A DPU pretende que a Caixa Econômica Federal seja condenada a corrigir, desde janeiro de 1999, os depósitos efetuados em todas as contas vinculadas do FGTS, aplicando um indicador que melhor reflita a inflação. Os defensores públicos Fernanda Hahn e Átila Ribeiro Dias defendem a existência do direito a uma atualização que mantenha o poder de compra dos recursos depositados.

A polêmica se estabeleceu a partir de 1999, quando a correção fixa de 3% ao ano mais a Taxa Referencial (TR) começou a ficar abaixo da inflação. Segundo o Instituto FGTS Fácil, a defasagem chega a R$ 200 bilhões.

Fonte: Zero Hora




Notícias Anteriores


1º de Maio Dia do Trabalhador!
O presidente da FEVASC esteve presentena IX Jornada Nacional de Debates do DIEESE
FEVASC participa de Ato em memória das vítimas de doenças e acidentes de trabalho.
UGT/SC Inaugura Macrorregião da Grande Florianópolis
Presidente da Fevasc e diretores (as) participam do Seminário e Debate de Conjuntura Nacional do DIEESE.
A FEVASC deseja a todos e todas uma santa e abençoada Páscoa! Confira nosso expediente.
Presidente do TST propõe parceria com MTE para prevenção de acidentes
Ato Público Movida
Transportadora de valores indenizará motorista por lesão na coluna
Redução da jornada de trabalho deve ser analisada no Senado antes da Copa

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38