Notícias


Entidades se unem pela formação e qualificação profissional

10/05/2013

Categorias representativas lançam o Instituto Catarinense de Educação Profissional.



O ousado projeto da criação de um Instituto de formação e qualificação profissional dos trabalhadores do setor de serviços em Santa Catarina acaba de se tornar realidade. Planejado desde 2003, o Instituto Catarinense de Educação Profissional, ICAEPS está oficialmente instituído e é uma iniciativa que engloba o Sindicato das empresas de Asseio, Conservação e Serviços Terceirizados do Estado de Santa Catarina (SEAC-SC). O Sindicato das empresas de Segurança privada do Estado de Santa Catarina (SINDESP - SC) e a Federação dos Vigilantes e Empresas em Empresas de Segurança e Vigilância, Prestadora de Serviço, Asseio, Conservação e de Transporte de Valores de Santa Catarina (FEVASC).

Durante a cerimônia de instituição da nova entidade, na sede do SEAC - SC e SINDESP-SC, que também abrigará o Instituto nessa face inicial de suas operações, o presidente do ICAEPS, o administrador Evandro Linhares, destacou que o setor de prestação de serviços terceirizados de Santa Catarina representa mais de 70.000 trabalhadores. Sendo 23.000 vigilantes e 50.000 profissionais da área de asseio, conservação e serviços terceirizados. Durante seu pronunciamento, ele destacou ainda a importância de Santa Catarina ser o segundo estado do País a contar com uma entidade do gênero, com objetivo fundamental de formar e qualificar os profissionais do segmento de prestação de serviços; promovendo iniciativas de desenvolvimento de pessoas e podendo articular-se com os diferentes segmentos da sociedade.

"O Instituto é um projeto estratégico e fundamental que dá mais visibilidade ao segmento e por isso precisa do apoio e da participação de todos os envolvidos, como, empresários, fornecedores, parceiros, sociedade, entidades participativas. É uma oportunidade de estarmos todos olhando na mesma direção, principalmente no período em que o setor vive um momento ímpar, com grandes eventos como a Copa do Mundo, que promete fortalecer e trazer visibilidade à nossa atuação. Vamos fazer um time vencedor. E já saímos ganhando por termos conseguido agregar representatividade patronal e laboral, numa experiência única", disse o administrador Evandro Linhares, que fui eleito para presidente do Instituto por unanimidade pelo Conselho de Administração, formado por representantes da categoria dos empresários e dos trabalhadores, durante a cerimônia que apresentou o Estatuto do ICAEPS e deu posse a diretoria.

 

Fonte Informativo ICAEPS.




Notícias Anteriores


Depois do Outubro Rosa, que alertou a mulher sobre o câncer de mama, agora é o Novembro Azul, que chama a atenção dos homens para os riscos da próstata.
CÂNCER DE MAMA MATA CERCA DE 300 MULHERES POR ANO EM SANTA CATARINA
Presidente da Fevasc, Sindvig Florianopolis e Sindlimp e Sindvig de São José participaram do Seminário Sul Brasileiro da Classe Trabalhadora.
UGT contra terceirização para atividade-fim
Debate expõe divergências sobre regulamentação do trabalho terceirizado
Presidente Henrique Eduardo Alves anuncia comissão geral para debater terceirizações
Negociações sobre a Regulamentação da Terceirização termina sem acordo
Terceirização foi tema na Fetiesc com o Ministro do Trabalho Manoel Dias.
Fevasc cobra do Ministro do Trabalho e Emprego mais agilidade na Regulamentação da Lei 12.740/12.
Juízes criticam PL que regulamenta a terceirização

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38